Refletindo sobre a Liberdade

Por Rosangela Brunet
" Não alcançamos a liberdade buscando a liberdade, mas sim a verdade. A liberdade não é um fim, mas uma consequência. (Léon Tolstoi )

Como disse F. Nietzche em seu livro " Além do Bem e do Mal : "A vontade da verdade que nos poderá levar ainda a muitas aventuras, essa famosa veracidade de que todos os filósofos falaram até agora com veneração.Quantos problemas esta vontade da verdade já nos levantou! Quantos problemas singulares, graves e dignos de serem postos!Já é uma longa história- e, no entanto, parece que acaba de começar"
Não importa se a verdade que procuramos esta láfora ou dentro de nós, Como disse E. Whitmont "Sem a consciência dos potenciais, das limitações e das necessidades da pessoa, a liberdade é um conceito ilusório."
 Essa é a razão pela qual temos  encontrado nos dias de hoje, tanto falatório sobre a liberdade, e tanta compulsividade, instinto gregário e falta de liberdade.Cnsequências da negligência em relação à necessidade"providencial" inata, à necessidade de "individuação", que exige nos tornarmos aquilo que  realmete fomos "destinados a ser 
Pablo Picasso
Guernica. Oil on canvas, 349 × 776 cm.
Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofia, Madrid
"Eu costumava dominar o mundo.Mares se agitavam ao meu comando.Agora, pela manhã, durmo sozinho.Varro as ruas que costumava possuir.Eu costumava jogar os dados.Sentia o medo nos olhos dos meus inimigos.Ouvia como o povo cantava:"Agora o velho rei está morto!.Vida longa ao rei!".
Um minuto eu detinha a chave.Depois as paredes se fechavam em mim.E percebi que meu castelo estava erguido.Sobre pilares de sal e pilares de areia" Cold Play (Viva La Vida) 
Outra canção bem adequada ao tema é a músicas do Legião urbana que ele canta assim : " Até bem pouco tempo atrás poderíamos mudar o mundo. Quem roubou nossa coragem?" Eu responderia sugerir também  uma reflexão de Léon Tolstoi: " Não alcançamos a liberdade buscando a liberdade, mas sim a verdade. A liberdade não é um fim, mas uma consequência."
A verdade á que Léon Tolstoi se refere poderia ser retratada por este desafio do autoconhecimento,mas não ficaria somente neste âmbito da questão. "A verdade também esta lá fora", como cantou Ana Carolina. Carl Gustav Jung contribuiu esclarecendo esta questão ao escrever que "  os dramas mais impressionantes, e o mais excêntricos, não são desempenhados no teatro, mas no coração dos homens comuns, pelos os quais passamos sem prestar atenção e que, no máximo, mostram ao mundo, através, de um colapso nervoso, as batalhas que se desferem em seu íntimo. Além disso, o que é mais difícil para a compreensão dos leigos é que, em geral, os doentes não tem qualquer pressentimento da batalha que se trava em seu inconsciente. Se considerarmos, no entanto, o número de homens que nada sabem acerca de si mesmos, não devemos nos admirar de que também haja os que nada pressintam acerca de seus verdadeiros conflitos".


Em fim, a verdade necessita de "awareness", ou seja, tomada de consciência, e isso tem á ver com um trabalho contínuo e honesto de autoconhecimento em busca do desenvolvimento do SELF em direção a totalidade do SER, e a busca da verdade enquanto indivíduo inserido na sociedade.
Lembrando da Caverna de Platão ,onde as sombras nas paredes da cavernas são aparência.É preciso sair da caverna, largar o ambiente de conforto interno de nossas crenças, exorcizar os demônios e vozes externas de uma cultura que nos empurrou para lá, e nos fez até hoje acreditar que tudo era real.
A Percepção do todo altera, transforma e faz com que a visão detalhada da vida se torne quase imperceptível .O distanciamento tambem diminui a capacidade de percepção de um objeto. Ou seja, por um lado, a ampliação do olhar , da visão de mundo e da consciência nos ajuda a viver melhor , pois passamos a nos importar menos com pequenos detalhes.Por outro lado, a necessidade de estar em contato com o objeto de desejo,co "nossas ovelhas" , com aquilo que necessitamos enxergar melhor exige um maior apego, uma maior aproximação"
" Quanto mais predomina a razão crítica, mais a vida se empobrece; mas quanto mais aptos formos a tornar consciente o que é inconsciente e o que é mito, maior parcela de vida integraremos. Superestimar a razão tem algo em comum com poder absoluto do Estado: sob sua dominação o indivíduo perece....O pêndulo da mente se alterna entre perceber e não-perceber, e não entre certo e errado.” 
Obra de Eeugène Delacroix 
"A LIBERDADE GUIANDO O POVO"
A obra de arte de Delacroix retratando a Liberdade, com esta figura alegórica " de uma deusa como uma mulher robusta do povo" e todos estes cadáveres em volta , ela em um pedestal por onde a Liberdade passa descalça e com os seios nus, pintada na Era do Iluminismo representando a luta pela liberdade .
Isso me fez lembrar de um trecho de um texto de Jung onde ele nos pergunta: "Mas o que acontecerá, se descubro, porventura, que o menor, o mais admirável de todos, o mais pobre dos mendigos, o mais insolente dos meus caluniadores, o meu inimigo, reside dentro de mim, sou eu mesmo, e precisa da esmola da minha bondade, e que eu mesmo sou o inimigo que é necessário amar?"
Por isso, termino esta reflexão com o trecho do livro de E. Whitmont ,"A Busca do Símbolo: "Sem a consciência dos potenciais, das limitações e das necessidades da pessoa, a liberdade é um conceito ilusório. Essa é a razão de encontrarmos, nos dias de hoje, tanto falatório sobre a liberdade, e tanta compulsividade e instinto gregário e falta de liberdade, consequências da negligência em relação à necessidade"providencial" inata, à necessidade de "individuação", que exige nos tornarmos aquilo que somos "destinados a ser".


Vocês podem calar a minha voz, mas não os meus pensamentos! Vocês podem acorrentar o meu corpo, mas não a minha mente! Não serei plateia desta sociedade doente, serei autor da minha história! Os fracos querem controlar o mundo; os fortes o próprio ser! Os fracos usam as armas, os fortes as ideias. (Augusto Cury)
  "Às vezes você tem que deixar tudo ir embora -se limpar. Se você está infeliz com alguma coisa que faz você ficar pra baixo , livre-se disso. Você verá que quando você estiver livre, sua verdadeira criatividade e seu verdadeiro eu virá para fora " Tina Turner
A nossa forma de pensar e olhar o mundo direciona nossas decisões e atitudes .Se o desconforto chegou , e as coisas não funcionam mais como antes tente trocar de lugar, inverta os papéis, experimente outra posição; e sua perspectiva poderá se transformar, possibilitando um novo jeito de pensar.
Platão sabia bem que é muito mais confortável ficarmos em nossas cavernas , pois enfrentar a luz fere nossos olhos, quebra nosso espelho.É necessário sair do paraíso.O conhecimento provém do "Ser em busca de sua Integração" e na relação com o outro . Se você esta em contato com você mesmo, tendo consciência dos seus sentimentos e pensamentos, aprendendo a gerenciá-los e canalizá-los para o objeto certo na hora certa, e isso , através da sua relação com o outro que atravessa seu caminho; então ninguém precisará apontar o caminho ou mostrar nenhuma verdade,pois a verdade aparecerá para você , e tu mesmo a sentirás.

"Pássaros criados em gaiolas acreditam que voar é uma doença"
Alejandro Jodorowsky



É fácil não assumirmos  a responsabilidade de nossas vidas .Ao invés disso projetamos no outro a responsabilidade de nosso futuro, responsabilizamos o passado ou alguém por nosso fracasso.É muito comum  delegarmos a um outro qualquer de ter este poder; damos espaço para sermos passivos e ficarmos esperando as soluções chegarem do futuro ao invés de vivermos no aqui e agora
E, ai sim, entrarmos numa gaiola, que pode ser o passado, o futuro ou mesmo alguém, que por insanidade, venha desejar nos controlar ou manipular. Projetar no outro a responsabilidade é mais cômoda,pois mais tarde poderemos culpá-los também  de nosso fracasso, caso aconteça.A liberdade exige responsabilidade, mas assumir responsabilidade de quem somos ou  do que fazemos exige coragem e enfrentamento de nós mesmos.
"Ninguém pode, por muito tempo, ter um rosto para si mesmo e outro para a multidão sem no final confundir qual deles é o verdadeiro."( Nathaniel Hawthorne)O grande desafio do homem é encontrar este equilíbrio que se sustenta nessa dinâmica da percepção figura x fundo e; uma harmonia entre as demandas sociais e as necessidades pessoais. Alcançar esta dimensão é se tornar um ser pleno e íntegro.
Segundo Evelin Pestana , "Nossas maiores dores são aquelas que mais se disfarçam por ser muito doloroso admiti-las. Se há aceitação, nosso eu encontra condições de poder escolher o melhor remédio para elas.Grande parte dos mais fortes sentimentos que envolvem nossas relações emocionais, apenas pode nos visitar quando já estamos em condições de poder senti-los. Uma vida jamais está separada de sua história; uma história jamais deixa de necessitar ser reescrita.São muitos os momentos da vida em que para sobreviver, precisamos nos deixar de lado... até que seja chegada a hora em que apenas (re) vivendo o que foi "deixado para trás" é que seremos capazes de continuar. No inconsciente, nossas emoções jamais estão perdidas, esquecidas: para seguir adiante, precisamos poder aceitar a necessidade de viver o não vivido. Podemos passar uma vida sem que possamos parar para dar ao que sentimos um lugar dentro de nós." [1]
Este processo resgata  a capacidade de desenvolvermos todo o nosso potencial de criatividade, e de vida que há dentro de nós, bem como experimentarmos a vida no aqui e agora, é dar os espaço necessários para experimentamos toda a alegria e felicidade que cada momento e instantes podem nos proporcionar.A Imaginação e a fantasia são fundamentais no processo do pensamento e para a criatividade.
"Nossa tendência é supor que qualquer conhecimento provém ,em última análise , do exterior .Mas hoje sabemos com certeza que o inconsciente possui conteúdos que, se pudessem tornar-se conscientes , constituiriam um aumento imenso de conhecimentos " Jung
O maior limitador do ser humano é ele mesmo.Você pode Romper os limites dos teus pensamentos .Viva o Hoje . O passado não existe e o futuro você é quem constrói . A felicidade esta acontecendo agoraVocê é o artista da sua vida. Os pincéis já estão em tuas mãos. Pinte sua história.Cada movimento cria uma nova cor.O corpo é um canto em desequilíbrio em busca de novas sinfonias. O futuro pode ser tua grande obra de arte. A vida vai te expor em galerias 

Criar um pensamento é criar um segmento; ser um formador de opinião é dizer não a manipulação; acreditar em tudo que se ouve é negar a própria sabedoria; questionar o ministrado é fundamentar uma posição. Em tudo que ouvir e ler forme uma opinião, questione uma fundamentação, caso contrário será mais um em meio aos bilhões de pessoas que hoje, infelizmente são marionetes (...). Seja autêntico, seja único. Seja você e não uma imagem formada por opiniões alheias. No mundo do formalismo, sobressai aquele que demonstra ter sabedoria e não aquele que segue um sábio.(João Lopes da Costa Neto)


[1] (Evelin Pestana, Casa Aberta - Página, Psicanálise, Artes, Educação)

Comentários