sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Um Porta Retrato e uma longa história pra contar

Tirando a poeira de um porta retrato e olhando para trás; vendo uma vida inteira passando na minha mente. Têm-se que ter maturidade para entender o que foi dito naquele momento e seu significado... "Ah, meu pai. Um amigo sem interesse. Duro com as palavras e poderoso com os sentimentos." Olhando aquele registro inesquecível das marcas e os detalhes de suas mãos é impossível não chorar de saudades. Ele já não era mais jovem, mas "suas maos sempre firmes como sempre... Protetoras. Mãos que nunca nos abandonaram e nunca nos largaram na correnteza. É... E assim, os pais viram avós e os filhos viram pais. E tudo passa", vira história cheia de saudade e ficam as lembranças .."A incógnita vagante"...o amor ,então, vira herança e se distribui entre nós que ficamos aqui até nos reencontramos novamente

(Textos inspirado e misturado com Alex Calheiros)

Nenhum comentário:

Postar um comentário